RSS

Arquivo da categoria: Rápido e rasteiro

Eu rio

Quando o que eu deveria fazer, era enlouquecer, eu rio.
Quando o que eu devia, era me entregar, eu rio.

Quando o que eu deveria fazer, era me desesperar, eu rio.
Quando o que eu devia, era gritar, eu rio.

Quando o que eu deveria fazer, era chorar, eu rio.
Quando o que eu devia, era te matar….. eu mato!

Agora eu rio, bem mais alto…

 
 

Post novo

Pessoal, tem uma participação minha no Blog Coisas de Geminiana, da minha Languinha preferida, Ana Telma. =)

Passem por lá para conferir o Blog.
O texto se chama Entitulado: Sem título

Beijos!

 
2 Comentários

Publicado por em 17/03/2010 em Rápido e rasteiro

 

Inquietude pós carnavalesca

Acabou mesmo?! É isso mesmo?!


(Foto de M.A.)

 

Curto e grosso

Mas eu sou muito mais bonita do que ela,

Mas eu sou muito mais magra que ela,

Eu sou muito mais jovem do que ela…

Mas eu sou mais inteligente, mais romântica, mais madura, mais animada..

Me diz:
– O que ela tem que eu não tenho?!?!
– EU!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 31/01/2010 em Rápido e rasteiro

 

Rápido e rasteiro

Vai ter uma festa
Que eu vou dançar
Até o sapato pedir pra parar.

Aí eu paro
Tiro o sapato
E danço o resto da vida.

(Chacal)

 

Poder de síntese

Oi, tudo bem? Tudo e você? Tudo bem, veio passar o feriado aqui? Não, eu moro aqui mesmo.. Ah é?! Como eu nunca te vi? Porque eu moro aqui a pouco tempo. Por que? Onde você morava antes? Isso é uma longa história……

Falar pouco e dizer muito é qualidade de poucos. Agora, falar pouco e não dizer nada é fácil fácil!! rsrsrs 

 
 

Declaração

Eu poderia me declarar
Em outras palavras, abrir o coração.
Mas prefiro que não
E isso sim
Já é uma declaração.

Posto hoje mais uma do meu primo Marcelo. Luv u hun! 😉