RSS

Efemeridade intransitória

31 jan

A efemeridade não é mais um estado passageiro. Estamos estacionados nessa vida fugaz. Estamos estagnados nesse vazio de emoções, nessa falta de significado que as coisas têm. Nessa falta de significado que colocamos nas coisas.

Podemos ver essa cultura de massa nos dominando e atravessando gerações, “só queremos nos divertir.. ” E na balada dessa simbologia de percepção distorcida, onde vemos 10 mil livros falando sobre a mesma coisa, onde podemos ouvir centenas de músicas com a mesma melodia, acabamos por nos repetir.. E repetir.. E repetir. “So pra se divertir. “

Mas não são apenas músicas, filmes e livros que estão enlatando por aí, estão enlatando gente! Sentimentos caíram em desuso. O lance agora é se divertir, se divertir, se divertir. Carnaval, micareta, samba, pagode, axé, tudo igual. Peço licença ao Poeta Mário de Andrade para dar um ode a efemeridade”, que não termina mais.

Pra que se dar ao trabalho de falar o Português corretamente, se a gente se entende? Estamos regredindo aos tempos das cavernas.. Aliás, vamos acabar trocando Platão e sua caverna, pelo “mito do trio elétrico”. Porque tentar entender as coisas dá muito trabalho, né? Melhor tirar logo a roupa e poupar os neurônios, cair no samba o ano inteiro.. de preferência que não seja com Pixinguinha nem Noel Rosa, porque esses aí parece que já morreram. 

Vocês conhecem Lamarck? Segundo ele, o princípio evolutivo estaria baseado em duas Leis fundamentais:

– Lei do uso ou desuso: O uso de determinadas partes do corpo do organismo faz com que estas se desenvolvam, e o desuso faz com que se atrofiem. 

– Lei da transmissão dos caracteres adquiridos : Alterações provocadas em determinadas características do organismo, pelo uso e desuso, são transmitidas aos descendentes.

Eu acho que se Lamarck estivesse vivo, criaria ele mesmo a teoria da involução.. baseado nas mesmas leis que criou para explicar sua teoria da evolução.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31/01/2012 em Estrambótico Cotidiano

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: